Vinho italiano notícias

Vinho rosé exportação

vino rosato grande

Vinho rosé, exportação em crescimento

Vinho rosé e exportação: uma ótima combinação, pois a participação de mercado desse vinho vem se consolidando, entando hoje em 10% quando falamos de âmbito global. Especialidade do Made in Italy que mostra uma tendência de exportação capaz de aumentar duas vezes mais rapidamente que as outras tipologias de vinho italiano.

O rosé é protagonista de uma evolução definitiva, basta pensar no consumo do Reino Unido, que nos últimos treze meses viu um incremento de dez por cento. Uma propensão salientada também por Jean Marie Aurand, diretor geral da OIV (Organizzazione Internazionale della vigna e del vino), durante o último congresso, o trigésimo oitavo, em que dedicou foco específico ao vinho rosé.

A produção italiana equivale a cerca de 6 milhões de hectolitros, um a menos que a França, com uma demanda interna de um milhão e meio (sobre uma procura nacional total de 20,4). Na Itália, ainda é previsto um forte aumento, é o que revelam os dados recolhidos entre janeiro e abril de 2015, intervalo em que foram registradas ótimas performances em 85% das vinícolas italianas. No centro, estão o espumante rosé e os rosados de Puglia.

Os importadores interessados em conhecer as melhores cantinas e em suas listas de preços podem escrever para trade@greatitalianfoodtrade.com.

 

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.