Salame

Salame cremona

salame cremona

Salame Cremona, real sabor italiano

As origens do Salame Cremona datam da segunda metade de 1500, quando documentos passaram a se referir aos tipos de salame da região com o nome salsicciotti. Este salame italiano podia ser consumido fresco, cozido ou assado e era conhecido por sua versatilidade e gosto salgado.

No final de 1800, os negócios se tornaram tão grandes que o Ministério da Agricultura e do Comércio da Itália elaborou um relatório sobre a estrutura industrial da Província de Cremona destacando a importância de tal indústria e afirmando que a cidade de Cremona, sozinha, era lar de 29 produtores de salame Cremona.

A área de produção inclui as regiões de Piemonte, Lombardia, Emília-Romanha e Veneto. Estes lugares possuem um nível parecido de umidade, ventilação escassa, outonos rígidos, invernos nebulosos e molhados, primaveras temperadas e chuvosas e verões marcados por frequentes rajadas de chuvas, tudo para tornar o microclima úmido e estático, o que favorece a criação de porcos e é ideal para envelhecer este delicioso e refinado salame italiano.

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.