Arroz

produção arroz

produz riso

Produção de arroz, patrimônio italiano

A produção de arroz italiano encontrou a maturidade nas três primeiras décadas de 1900 com as famílias de operários, uma página da história que está longe somente na aparência. Nas regiões do norte são cultivados diversos tipos de arroz, cada operária retirava ervas daninhas e parasitas das plantas cantando “Bella Ciao”, a canção que depois se tornou, com letra diferente, bandeira da Resistência Italiana.

Eram tempos nos quais era preciso 500 pessoas para dez hectares de plantação, e a produção era feita em anfiteatros, método abandonado na Europa (mas não na China). Onde primeiro se trabalhava com as mãos chegou a tecnologia: novas máquinas, ideias, estudos genéticos e cruzamentos de diferentes tipos de arroz e técnicas modernas de produção superaram o passado. Parte do mérito é atribuído a Antonio Tinarelli (1922 – 2014), que foi capaz de criar espécies originais, diversificando a produção.

A atual produção de arroz italiano possui qualidade elevadíssima, garantindo o mínimo emprego registrado de resíduos de pesticidas em todo o solo europeu. O que demonstra que uma produção em larga escala pode andar junto com a agricultura orgânica e ser sustentável.

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.