Sustentabilidade

Óleo de palma: substitutos

oliodipalma sostituirlo grande

Óleo de palma, substitutos existem e devem ser usados

Óleo de palma e seus substitutos. Agora é indiscutível e urgente a necessidade de substituição sem agravamento dos custos de elaboração. Após o alarme da EFSA — veja o Palma Leaks — cresce o interesse em versões palm oil free, o objetivo é abandonar a perigosa gordura tropical, reintroduzindo o óleo extravirgem de oliva, de girassol ou manteiga, mais sustentáveis e melhores nos aspectos nutricionais.

Know-how não falta. Já há alguns anos, trabalha-se para eliminar o nocivo óleo de palma e usar seus substitutos, gorduras típicas da tradição italiana e mediterrânea, que não são alvo de graves críticas, como apropriação de terras, insustentabilidade ambiental e toxicidade. As experiências de sucesso mostraram que adotar óleos italianos é facilmente praticável sem modificar o perfil organoléptico. Ter biscoitos, doces ou outros produtos livres de óleo de palma é uma realidade, é o que evidenciam as centenas de artigos transformados em palm oil free.

Trocar o óleo de palma por seus substitutos, ingredientes apreciados, é simples e sem grandes aumentos. Segundo os gurus da formulação de alimentos o impacto econômico da mudança em um produto de panificação pode ser de 5-6%. Um valor destinado a diminuir com a difusão das novas receitas. E, em todo caso, suportável se for preciso para melhorar a produção de comidas italianas, bandeira do Made in Italy no mundo inteiro.

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.