Consum-atores

Óleo de palma leite

petizione palma.biberon grande

Óleo de palma no leite em pó: assine a petição

Tiremos o óleo de palma do leite em pó para bebês. O Fatto Alimentare e Great Italian Food Trade lançam uma petição no  Change.org convidando as organizações Mellin, Nutricia, Ordesa, Hipp, Humana, Milte, Nestlé, Unifarm, Sterilfarma, Nipiol, Menarini, Laboratori Alter, Plasmon (que modificou apenas dois leites) e Holle a modificar suas fórmulas.

A primeira razão do pedido é que o óleo de palma pode levar ao leite infantil contaminantes cancerígenos produzidos durante o refino, conforme denunciado em 3 de maio de 2016 pela Efsa. Não devemos esquecer também que a econômica gordura tropical é causa de grilagem de terras e desmatamento na Indonésia, Malásia, África subsaariana e na América Latina.

As empresas que usam óleo de palma no leite em pó sustentam que o produto é útil para a obtenção de uma composição adequada às exigências nutricionais dos lactantes e para garantir uma estabilidade maior. Mas a fraqueza destes argumentos é demonstrada pela escolha de marcas como Coop, Sicura e Dicofarm que há anos adotam outras gorduras sem penalizar a qualidade dos alimentos.

Apoie a petição: change.org/stoppalmabiberon

 

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.