dieta mediterrânea

dieta mediterrânea memória

dieta med memoria grande

Dieta mediterrânea, memória protegida

Seguir a dieta mediterrânea protege a memória, atestam pesquisadores de nutrição que encontraram mais um impacto favorável desta dieta, celebrado pelas campanhas de educação alimentar e por toda a comunidade científica internacional.

O que revela o benefício para a função neurológica é um estudo de 4 anos publicado na Neurology, revista da Associação americana dos neurologistas. A pesquisa envolveu 17.478 estadunidenses acima da idade de 64 a fim de verificar a relação entre a dieta mediterrânea e a memória.

Os dados recolhidos evidenciam que nas pessoas sãs, que seguem mais rigorosamente o regime mediterrâneo, há uma redução de 19% do risco de desenvolver doenças do sistema neurológico em comparação com os outros voluntários monitorados. Uma vantagem associada diretamente ao esquema nutricional baseado no consumo de alimentos com ômega 3 e uma dose muito reduzida de gorduras saturadas bem como na ingestão moderada de carne e laticínios.

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.