limão

Limão, características e propriedades

O homem tem cultivado o limão por mais de um milênio, suas origens são incertas, mas ele já estava presente na China no final de 900 d.C. e suas propriedades já eram conhecidas na época dos romanos. Existem muitos tipos de limão italiano, cada território e nação distingue-se pela forma de cultivo, item que dá o aspecto e o grau de acidez dos diferentes tipos de limão, importante ressaltar que as propriedades nutricionais não variam.

Os italianos o cultivam desde o ano 1000, os primeiros registros são da Sicília e em 1400 aparecem na Ligúria. Entre os tipos de limão italiano aqueles que se destacam são os sicilianos e os de Capri, mas não existe uma região da Itália que não produza o fruto. As variedades mais disseminadas são: “famminello” e “primofiore“, a primeira principalmente em Puglia.

A península italiana é a principal produtora de limão do Mediterrâneo, ficando na décima posição do ranking mundial com 550 mil toneladas por ano.

A casca do limão representa 30% do seu peso total e é usada na fabricação de óleos essenciais. O suco que corresponde a 50% é usado no preparo de refrigerantes, conservantes e serve como ingrediente de diversos pratos (vinagrete, bolos, carne marinada e às vezes substitui o vinagre). o limão é muito rico em vitamina C (0.5 g/l) e ainda é pouco calórico (35kcal/110g).