Doces de natal

Doces de Natal, obras-primas italianas

Pandoro, panetone, torrone. Além destes existe uma longa lista de Doces de Natal italianos. Atualmente estes doces italianos são procurados não somente no período natalício. Típicos de algumas cidades do Belpaese, em muitos casos são considerados doces nacionais. No exterior se tornaram um símbolo dos produtos italianos, um detalhe gostoso que deixa o natal ainda melhor.

Estes doces italianos recheiam o mapa da península. Em Piemonte, il Tronchetto é uma mistura de chocolate, brandy e mascarpone. Em Trentino-Alto Adige depara-se com o Zelten, um pão frutado e decididamente bem temperado. Na Ligúria, il pandolce, um pão com frutas cristalizadas e passas. Na Toscana, il panforte Siena mexe com os sentidos devido ao seu recheio de amêndoas e laranja. E da mesma região se origiram i Ricciarelli, inimitáveis biscoitos de Natal a base de amêndoa.

Seguindo as receitas até o sul da Itália: doce típico a vontade! Em Puglia encontra-se: anice, mosto cotto e cannella. Chegando na Campania temos gli Struffoli, bolinhas de massa frita polvilhadas de mel, estas na Umbria e Marche são quase idênticas, mas recebem o nome de Cicerchiata. Doces de Natal com origem na Calabria são i fichi secchi (figos secos), que para a ocasião são recheados de delícias. Em um país em que a comida é tudo, no Natal não poderia ser diferente.