Legumes

2016 ano dos legumes

2016 anno legumi grande

2016 ano dos legumes, sustentáveis e benéficos

2016 é o ano internacional dos legumes. A FAO, organização da agricultura e alimentação das Nações Unidas, dedica 2016 aos legumes, alimentos preciosos, úteis para a nutrição da população mundial, econômicos, saudáveis e aliados do meio ambiente. De fato, eles são caracterizados por um ótimo poder proteico e nutricional.

Decretar 2016 como um ano dedicado aos feijões, lentilhas, ervilhas, grãos de bico, vagens, tremoços, para citar os mais comuns, é o modo pelo qual a ONU promove o consumo deste tipo de alimento em todo o mundo. E as razões para tanto são abundantes: eles são uma ótima fonte de proteínas, muito menos caros do que aqueles de origem animal, naturalmente privados de glúten, contêm pouquíssimas gorduras, são ricos de fibra solúvel e nutrientes e, quando secos, podem ser consumidos o ano inteiro.

Igualmente importante é a função de proteção ambiental desenvolvida por estas plantas. Cultivá-las melhora a fertilidade do solo, aumentando a produtividade e reduzindo a dependência de fertilizantes sintéticos. Um conjunto de vantagens bem representadas pelo slogan “Sementes nutritivas para um futuro sustentável”, adotado pela Assembleia geral da ONU ao promover 2016 como o ano dos legumes.

Sobre o autor

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.