InícioidéiasParlamento aumenta limite de biocombustíveis

Parlamento aumenta limite de biocombustíveis

A Oxfam Itália e a ActionAid definiram os resultados da votação do Parlamento da UE em 11 de setembro de 2013 sobre o pacote legislativo conhecido como Mudança Indireta do Uso do Solo (ILUC), que contém novas normas sobre biocombustíveis, uma “oportunidade perdida”. A Comissão Europeia havia proposto limitar a contribuição do biocombustível de primeira geração, derivado da produção agrícola ou de energia limpa, a 5% após atingir os objetivos renováveis ​​no setor de transporte.

Durante a deliberação, a sessão plenária de Estrasburgo elevou o limite máximo para 6% por uma clara maioria. A ActionAid e a Oxfam Itália explicaram que o resultado significa "destinar produtos agrícolas suficientes para alimentar 200 milhões de pessoas na produção de biocombustíveis". Desta forma, segundo as ONGs, “não é oferecida nenhuma solução eficaz para contrabalançar as consequências negativas” que os biocombustíveis “infligem à segurança do abastecimento alimentar e ao meio ambiente”.

+ postagens

Artigos Relacionados

Artigos recentes

Commenti recentes

Traduzir »