InícioArquivoChina, a classe média está criando o maior mercado do mundo

China, a classe média está criando o maior mercado do mundo

Impulsionado pela nova classe média, em 2025 o consumo na China representará cerca de um quarto do consumo mundial, mais do que todos os outros países do chamado grupo BRIC (Índia, Brasil e Rússia) juntos. Esta é a previsão da McKinsey & co. que publica um relatório anual sobre o consumo na China desde 2005 (aqui edição de 2012). Segundo a consultoria, em 2025 o consumo na República Popular crescerá 6,2 trilhões de dólares (4,6 trilhões de euros) de um total mundial de 26 trilhões. Analistas da McKinsey confirmam que a ampliação do mercado é alimentada sobretudo pela expansão da classe média, cujas rendas estão cada vez mais se aproximando dos níveis do mundo ocidental. Um argumento semelhante pode ser feito para o tipo de consumo, com maior interesse em bens como alimentos de qualidade. Como o custo de vida na China é mais baixo, o limite para a transição para a classe média costuma ser de US$ 10 por ano de renda. Os novos ricos se tornarão cada vez mais. De fato, estima-se que o número daqueles que ganham de 17 mil a 35 mil dólares na China crescerá de 6% ao ano em 2010 para 51% em 2020.

 

+ postagens
ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos recentes

Commenti recentes

Traduzir »